Publicado em

Mulher ateia fogo na própria casa com os filhos dentro

Uma mulher e dois filhos ficaram feridos em um incêndio numa residência no bairro Céu Azul, em Venda Nova, na manhã desta quinta-feira (10). De acordo com o Corpo de Bombeiros, testemunhas disseram que a própria mãe colocado fogo na casa. Os motivos ainda são desconhecidos.
Viaturas da corporação foram enviadas ao local e trabalham para apagar as chamas. As vítimas foram socorridas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e resgate dos Bombeiros para hospitais da região.

Leia mais

Publicado em

Prazo para renovação do Fies é adiado e encerra no dia 25 de maio

O prazo para renovação do contrato do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) do primeiro semestre deste ano foi adiado mais uma vez e encerra no dia 25 de maio. O prazo final para a renovação seria nesta quinta-feira (10). A nova data foi definida em portaria publicada nesta edição do Diário Oficial da União.

Os contratos do Fies precisam ser aditados todo semestre. O pedido é feito inicialmente pelas instituições de ensino e depois as informações devem ser validadas pelos estudantes pela internet no Sistema Informatizado do Fundo de Financiamento Estudantil (SisFies). Neste semestre, cerca de 1,1 milhão de contratos devem ser renovados.

No caso das renovações que tenham alguma alteração nas cláusulas do contrato, o estudante precisa levar a nova documentação ao agente financeiro – Banco do Brasil ou Caixa Econômica Federal – para concluir a renovação. Já nos aditamentos simplificados, a renovação é formalizada a partir da validação do estudante no sistema.

Inicialmente, os estudantes tinham até o dia 30 de abril para fazer a renovação, o prazo foi prorrogado até nesta quinta-feira e agora estendido mais uma vez até o dia 25 de maio pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), do Ministério da Educação.

O Fies concede financiamento a estudantes em cursos superiores não gratuitos, com avaliação positiva nos processos conduzidos pelo Ministério da Educação. Os estudantes que ingressaram no programa a partir de 2018 aderiram ao Novo Fies que divide o programa em diferentes modalidades, possibilitando juros zero e uma escala de financiamentos que varia conforme a renda familiar do candidato.

Clique aqui e acesse o link para inscrição.

Leia mais:
Gratuidade no Enem será automática para estudante de escola pública

Leia mais

Publicado em

Nova fase da Operação Ethos leva à prisão ‘pombos-correio’ do PCC

Uma operação da Polícia Civil cumpre, nesta quinta-feira, 10, mandados de prisão preventiva contra oito suspeitos de atuarem como "pombos-correio" de membros da facção Primeiro Comando da Capital (PCC) presos em penitenciárias do interior de São Paulo.
De acordo com o delegado Everson Contelli, coordenador da operação, nas primeiras horas da manhã eram cumpridos quatro mandados de prisão na capital e cidades da região metropolitana de São Paulo. Outros mandados estavam em cumprimento nas cidades de Sumaré, Taubaté e Itaquaquecetuba.
Os presos seriam levados para Presidente Venceslau, de onde partiram os mandados judiciais. A Penitenciária 2 de Venceslau abriga presos que integram o comando do PCC, entre eles o líder máximo, Marco Willians Herbas Camacho, o Marcola. "Nessa fase, o foco está nas células de comunicação entre a cúpula que está no interior dos presídios e os advogados ou pessoas que são contatos deles", disse o delegado.
Esses intermediários são chamados de "pombos-correio", por serem os portadores das mensagens. Os mandados de prisão foram expedidos pela Justiça após a análise do material apreendido numa fase anterior, em agosto de 2017, quando foram realizadas buscas e apreensões em casas de suspeitos e escritórios dos advogados envolvidos.
A ação é uma nova fase da Operação Ethos, que já prendeu 53 pessoas, entre elas 14 advogados e um dirigente do Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana (Condepe), acusados de agir em cumplicidade com membros do PCC para crimes de corrupção, tráfico de influência e lavagem de dinheiro.
A primeira fase da operação aconteceu em maio de 2015, quando foi descoberta a existência da chamada "sintonia da gravata" – advogados pagos para atuar em ações criminosas do PCC. Até agora, 13 advogados e outras quatro pessoas já foram julgadas em primeira instância e condenados pelos crimes. O próprio Marcola, levado a julgamento, pegou mais 30 anos de prisão pelas acusações decorrentes da Operação Ethos.

Leia mais

Publicado em

Satanás de novela da Record é comparado a vilão de ‘Star Wars’

Após as aparições de Satanás em "Apocalipse", novela da Record TV, alguns internautas têm apontado para uma semelhança entre o personagem das telinhas e um dos vilões dos filmes "Star Wars", Darth Maul.
A "cara de mau" e alguns chifres espalhados pela cabeça despertaram a atenção de diversos usuários nas redes sociais – a "única" diferença está na cor: enquanto o personagem da TV é cinza, o do cinema é vermelho e preto.
Para viver o personagem, o ator Guilherme Chelucci precisa se submeter a cerca de três horas de caracterização antes das gravações, colocando uma prótese de borracha à base de látex e colando os chifres com uma cola especial.
Para este último detalhe, a produção chegou a tentar uma toca de látex para os chifres, mas, como em gravações externas o calor intenso a deixava solta, foi feito um pedido para que Guilherme ficasse sem cabelo: "Raspei numa boa, só quem não gostou muito foi minha namorada", disse.
"Depois de tudo ainda fico aqui mais uma hora só para tirar a cola e a tinta. Para a gravação é bom que não sai com suor, mas depois dá bastante trabalho", contou o ator.

Leia mais

Publicado em

Barça fará na África do Sul um amistoso pelos 100 anos do nascimento de Mandela

Nelson Mandela morreu en 2013, aos 95 anos de idade, consagrado como uma das maiores personalidades da história da humanidade. Porém, a sua memória continua sendo comemorada na África do Sul, onde o Barcelona confirmou oficialmente nesta quinta-feira que fará um amistoso, na próxima quarta, em um dos atos comemorativos do centenário de nascimento do ícone, que completaria 100 no dia 18 de julho.
A partida será contra o Mamelodi Sundowns, atual campeão sul-africano, em Johannesburgo, e ocorrerá no Fest National Bank Stadium, antes conhecido como Soccer City, que foi o principal palco da Copa do Mundo de 2010, conquistada pela Espanha.
O duelo, denominado de Copa Centenário Mandela, será apenas uma das muitas celebrações do centenário de nascimento de Mandela, que ocorrerão ao longo de todo este ano.
"O Barcelona sempre manifestou uma grande admiração por Nelson Mandela, umas das grandes figuras do século XX, que depois de 27 anos preso se converteu no primeiro presidente da África do Sul eleito por sufrágio universal, de 1994 até 1999. Mandela representou o espírito de luta pela liberdade e igualdade das pessoas, foi capaz de conseguir a unidade de um país dividido e liderou o processo democrático multirracial na África do Sul, e terminou com o apartheid graças a este espírito conciliador com o qual o clube se sente muito identificado", ressaltou o Barcelona, por meio de nota publicada nesta quarta em seu site oficial.
O Barça lembrou que, quando Mandela morreu, em sinal de luto o time atuou com uma tarja negra nos uniformes de seus jogadores em uma partida contra o Cartagena em 2013. E o clube também lembrou de frases históricas nas quais o líder exaltou a importância do esporte para promover a integração entre os povos.
"O esporte tem o poder de mudar o mundo e de levar esperança e criar comunicação com os jovens. O esporte tenho o poder de motivar e unir os povos. O esporte é um instrumento para chegar ao coração das pessoas", disse Mandela em declarações pinçadas pelo Barcelona, que pela segunda vez disputará um jogo na África do Sul.
Antes deste duelo marcado para a próxima quarta, a equipe fez um amistoso contra o mesmo Mamelodi Sundowns, em Pretória, onde venceu o adversário por 2 a 1 com gols de Ezquerro e Marc Crosas diante de cerca de 50 mil pessoas no estádio do duelo.
Campeão do Campeonato Espanhol por antecipação, o Barcelona ainda fará mais dois jogos nesta edição da competição. No domingo enfrentará o Levante, fora de casa, e depois fechará a sua campanha contra a Real Sociedad, no dia 20, no Camp Nou.

Leia mais

Publicado em

Servidores têm de pagar mais pela Previdência

O aumento dos gastos com aposentados em um ritmo muito superior ao crescimento das receitas está no centro da crise fiscal que os Estados atravessam. E com reflexos diretos para os servidores, que têm se deparado com aumento das contribuições previdenciárias – para cobrir o rombo – e atrasos nos pagamentos.
No Rio, que atravessa a mais grave crise nas contas públicas entre os Estados, esse cenário foi transformado em verdadeiras batalhas campais. O governo enfrentou protestos violentos para aprovar medidas de ajuste previstas no plano de recuperação fiscal firmado com a União. Foram aprovadas a elevação da contribuição previdenciária dos funcionários de 11% para 14% do salário bruto e regras mais rígidas para a concessão de pensões.
Em 2016, o gasto previdenciário do Estado atingiu R$ 13,7 bilhões, alta nominal (sem descontar a inflação) de 162,4% ante o registrado em 2005, segundo estudo do consultor Raul Velloso. A elevação nos gastos dos Estados com aposentadorias chama a atenção para a necessidade de reformas, segundo o especialista em contas públicas.
Velloso critica o governo Temer por ter dado ênfase no INSS na proposta de emenda à Constituição (PEC), parada no Congresso após a intervenção federal na segurança pública do Rio – intervenções impedem mudanças constitucionais. "Houve um erro estratégico grave. O governo escolheu o alvo errado", disse Velloso, lembrando que o INSS atende trabalhadores de renda menor e com benefícios de menor valor, enquanto os funcionários públicos, geralmente, ganham mais.
O subsecretário dos Regimes Próprios de Previdência Social da Secretaria de Previdência, Narlon Gutierre, defendeu a PEC que está no Congresso. Segundo ele, o texto contempla os Estados. A diferença em relação à proposta original é o prazo de 180 dias para que os governos estaduais façam suas reformas.
Para o vice-presidente de Assuntos Fiscais da Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal (Anfip), Vanderley Maçaneiro, o cenário de elevação dos gastos com a Previdência do setor público é grave, mas as propostas de reforma deveriam, além de contemplar a elevação da contribuição e adoção de regras mais restritas, mirar no financiamento dos sistemas previdenciários.
Apoio
Embora tenha sido atingida pelos reajustes e, principalmente, pelo atraso de pagamentos no auge da crise, a dentista Djaura dos Santos de Oliveira, de 69 anos, servidora aposentada do Rio, defende mudanças nas regras previdenciárias. "A gente está vivendo mais. Vou fazer 70 anos e continuo trabalhando", disse Djaura, que atende em consultório particular.
Aos 28 anos, o professor de Educação Física da rede estadual do Rio Rafael Batista também não se opõe a mudanças. "As regras permitem que a gente se aposente muito cedo e com pensão muito baixa", disse o professor. Batista, porém, não poupa críticas à administração do Estado, após ser alocado em três escolas diferentes, em cidade do interior, a mais de 100 quilômetros de onde mora. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Leia mais